Cartas Lisboetas te saúda

Bom dia, boa tarde e boa noite.
Sejam bem-vindos ao meu blog, ele foi criado partindo da ideia de uma amiga sobre a minha escrita.
Tentarei postar alguns momentos descritos por mim como uma carioca que resolveu há 9 anos viver em Lisboa.
Espero não decepciona-los, um abraço e sejam bem-vindos a minha pequena morada.
Lilia Trajano

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

2012, Enfim ANO NOVO

NATAL E ANO NOVO EM FRANÇA

Passei as festas natalina e a chegada do novo ano em França, seguindo costumes das famílias francesas.

Foi um natal diferente mas muito divertido. No inicio senti falta do panetone de minha mãe, e das rabanadas que nem sequer gosto de comer, mas senti falta de ver a mesa arrumada com frutas, rabanadas, panetone e os bolos com frutas cristalinas tão bom que minha mãe faz.

Na casa da família francesa onde estive hospedada para passar a consoada, bebemos champagne, comemos vários tipos de canapé, os meus todos a base de le fromage (queijo), o primeiro prato uma quiche de alho francês e queijo de cabra, o segundo um prato vegetariano feito pelo irmão de minha amiga Isabelle que é Chef de cozinha francesa, tudo isso sendo acompanhado primeiro com um vinho branco e depois um saboroso vinho tinto e finalizando champagne. A sobremesa gelado e salada de frutas.

O ano novo também foi diferente, ao invés de fazer amigo oculto, eles fazem troca de presentes assim todos ganham presentes mesmo que não se conheçam, que foi o meu caso, ganhei presente de pessoas que nem conhecia, mas que acertaram em cheio naquilo que me ofereceram, éramos um grupo de 8 pessoas. 

Levei uvas verdes, porque na minha casa era uma tradição, meu pai trazia as uvas cada um de nós ficava com 12 uvas e esperávamos a  meia noite, para em 12 segundos comermos e fazermos os nossos pedidos para o novo ano. O mais difícil na Europa é encontrar nessa altura do ano uvas verdes, porque não estão na época, mas graças ao mercado chinês, que sempre tem tudo, encontrei as minhas uvas e fui assim mais tranquila para a comemoração do novo ano, era uma forma de mesmo distante de todos os meus familiares, estar perto deles.

No almoço de ano novo na casa dos pais de Isabelle, fui coroada rainha francesa, porque na tradição eles comem de sobremesa a Gallete du Roi e quem encontrar a surpresa nele escondido é coroado, o que nos dá o direito de beber mais champagne que os demais convidados, posso dizer que por um curto espaço de tempo, fui rainha, soube bem beber mais champagne que os demais.

Enfim 2012 chegou, penso que vai ser um ano proveitoso, pois no fim de 2011 reencontrei pessoas que não via há imenso tempo, então isso para mim já era um sinal que bons tempos vem por ai.


Um bom ano a todos.

Um comentário:

lilia disse...

legal