Cartas Lisboetas te saúda

Bom dia, boa tarde e boa noite.
Sejam bem-vindos ao meu blog, ele foi criado partindo da ideia de uma amiga sobre a minha escrita.
Tentarei postar alguns momentos descritos por mim como uma carioca que resolveu há 9 anos viver em Lisboa.
Espero não decepciona-los, um abraço e sejam bem-vindos a minha pequena morada.
Lilia Trajano

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

11 DE JANEIRO

Em busca de um dia...

Acordo, agradeço, rezo e me levanto. Peteca, a gata aqui de casa, se aconchega no meu colo, tá frio e ela não quer sair da cama, mas insisto e ela acaba por levantar.

Minha rotina diária está um pouco cansativa, é verdade mal começa o ano e já me sinto cansada dele.

Hoje é mais um 11 do mês, e até agora o mundo continua a girar. Dizem que foi demais o primeiro episódio de Dercy de verdade, estou em Lisboa e aqui não passa. Que pena gostava tanto da Dercy, como ri com ela.

Vou até a varanda para olhar o rio Tejo, continua lindo, que paisagem linda essa aqui de casa, amo, venero e sigo para tomar meu pequeno almoço (café da manhã). Torradas, café com leite de soja e uma fatia de bolo feita por mim.

Hoje vou iniciar um trabalho com a APSS – Associação de Profissional de  Serviço  Social de Portugal.

O sol brilha lá fora, mas faz frio na mesma.

Tenho desejo de ter um dia um espaço  Café Social, onde eu possa cozinhar diversos pratos diferentes e ao mesmo tempo ajudar as pessoas a terem uma alimentação mais saudável, além de poder alimentar pessoas que necessitem de um prato de comida, é um desejo, espero bem conseguir.

Resolvi fazer fuxico, desde que fui operada e tive que ficar de cama por uns meses aprendi esta arte, é uma arte engraçada, e desperta meu interesse em artesanato, adoro criar e se posso fazer coisas com material reciclado melhor ainda.

Bem hoje é o dia em que acordo com aquela vontade danada de escrever sobre qualquer coisa, e fico pasma quando leio mensagens nas redes sociais cheias de erros ortográficos, vejo erros até de pessoas que tem um curso superior, e fico mesmo pasma, porque os erros se repetem e outras pessoas curtem, copiam e ninguém aprende a escrever correctamente, aí Aurélio Buarque de Holanda, você dever estar a dar voltas na tua cova né? Enfim, amanhã esta quase a terminar, estou a espera de Isabelle para que possamos almoçar juntas.

Tem uma coisa simples que queria dizer antes o ano ter iniciado mas na correria da viagem à França acabei por esquecer, mas como diz o dito, nunca é tarde, vai agora.

O ano de 2011 teve um significado bastante gratificante para mim, descobri que meus valores éticos permanecem intactos até o dia de hoje e espero que assim seja até o fim dos meus dias, reencontrei em meado do ano, mais propriamente nas festas populares de Lisboa, Maria Inês e Celso, pessoas que não via há mais de uma  década, e fiquei a pensar se isso seria algum presságio, em que o tempo de outrora estava a voltar a encontrar de novo o fio da meada, não bastando, esse fato, depois dela recebo um email de Lygia Segala, e constato realmente estou voltando ao início. Antes do fim do ano ainda encontro pela rede virtual outras pessoas que não via há muito tempo: Marta, João Lúcio, Hebinho, e de novo me indago será que 2012 é realmente o ano?

A todos deixo aqui o meu carinho e um bom dia 11 de Janeiro.

PS. por favor me informe se eu escrever algum erro ortográfico, agradeço imenso, pode acontecer sabe.

Lilia Trajano

2 comentários: